Dia Internacional dos Ensaios Clínicos | 20 de Maio

Assinala-se hoje o Dia Internacional dos Ensaios Clínicos.

Todos os anos, cerca de 400 crianças são diagnosticadas com cancro em Portugal. Há algumas décadas, o cancro pediátrico era considerado uma doença mortal. Felizmente, nos dias de hoje, essa já não é a realidade, uma vez que cerca de 80% das crianças diagnosticadas com cancro sobrevivem. E isso graças à investigação.

Mas é preciso perceber melhor o porquê. É preciso melhorar as taxas de sobrevivência. É preciso melhorar a qualidade de vida destas crianças durante e após os tratamentos, porque cerca de 2/3 das crianças que sobrevivem, vivem com sequelas, físicas ou emocionais, destes tratamentos.

Por estes motivos queremos mais ensaios clínicos em oncologia pediátrica em Portugal. Mas, para isso, é preciso que o país se organize, que crie objetivos, e que dedique mais recursos humanos e financeiros a esta área.

E é também preciso que os pais compreendam a importância destes ensaios, não só, no tratamento dos seus filhos, mas também para as crianças que serão diagnosticadas no futuro.

Na Fundação Rui Osório de Castro procuramos dar informação séria e credível sobre o tema para que os pais, em conjunto com a equipa médica, se sintam seguros e tranquilos para tomar uma decisão quando lhes é proposto que o filho entre num ensaio clínico. A FROC procura também dar o apoio financeiro necessário aos hospitais para que estes estudos estejam disponíveis em Portugal.

Hoje, dia 20 de maio, assinala-se o Dia Internacional dos Ensaios Clínicos, um dia muito querido para nós.

Cristina Potier, Diretora Geral da Fundação Rui Osório de Castro